Cuidados acerca do dom da profecia!

foto-orelha

Olá amados, graça e paz. Hoje quero falar com vocês sobre alguns cuidados que devemos tomar a cerca do dom da profecia. Primeiramente vamos logo a palavra de Deus que nos fala a cerca desse maravilhoso dom em diversas passagens.

“Assim, na igreja, Deus estabeleceu primeiramente apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois os que realizam milagres, os que têm dons de curar, os que têm dom de prestar ajuda, os que têm dons de administração e os que falam diversas línguas.” 1 Coríntios 12: 28

“E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado, até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.” Efésios 4:11-13

“Pois vocês todos podem profetizar, cada um por sua vez, de forma que todos sejam instruídos e encorajados. O espírito dos profetas está sujeito aos profetas. Pois Deus não é Deus de desordem, mas de paz… (continua versículo 37) Se alguém pensa que é profeta ou espiritual reconheça que o que estou escrevendo a vocês é mandamento do Senhor. Se ignorar isso, ele mesmo será ignorado. Portanto, meus irmãos, busquem com dedicação o profetizar e não proíbam o falar em línguas. Mas tudo deve ser feito com decência e ordem.” 1Corintios 14: 31 ao 33- 36 ao 40.

Há uma diferença entre fazer uma oração profética e profetizar cura na vida de alguém, e o falar de fato da parte de Deus. Nós devemos ter discernimento quando ao uso a todos os dons, mas principalmente quanto a esse que só não é o segundo maior dom como é o dom de falar aquilo que o Senhor mandou falar. O dom de profecia é o ato de dar a mensagem que o Senhor mandou. É preciso ter muito temor.

 Falo isso porque ainda há muitas pessoas no meio da igreja que “profetizam” coisas que não são verdade. Tomo como exemplo minha irmã que já recebeu duas vezes no meio do culto esse tipo de revelação mentirosa. Oraram sobre ela dizendo que o Senhor havia lhes revelado que ela estava triste quando na verdade ela só estava chorando de quebrantamento na presença de Deus.

 Irmãos, se você sente que o Senhor te abençoou com o dom da profecia, busque o aperfeiçoamento do mesmo como está escrito em Efésios 4:12-14 “Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.”

Nunca fale “da parte de Deus” algo baseado no seu achismo. O Senhor corrige severamente tal movimento. “E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, profetiza contra os profetas de Israel que profetizam, e dize aos que só profetizam de seu coração: Ouvi a palavra do Senhor; Assim diz o Senhor DEUS: Ai dos profetas loucos, que seguem o seu próprio espírito e que nada viram! Os teus profetas, ó Israel, são como raposas nos desertos. Não subistes às brechas, nem reparastes o muro para a casa de Israel, para estardes firmes na peleja no dia do Senhor. Viram vaidade e adivinhação mentirosa os que dizem: O Senhor disse; quando o Senhor não os enviou; e fazem que se espere o cumprimento da palavra. Porventura não tivestes visão de vaidade, e não falastes adivinhação mentirosa, quando dissestes: O Senhor diz, sendo que eu tal não falei? Portanto assim diz o Senhor DEUS: Como tendes falado vaidade, e visto a mentira, portanto eis que eu sou contra vós, diz o Senhor DEUS. E a minha mão será contra os profetas que vêem vaidade e que adivinham mentira; não estarão na congregação do meu povo, nem nos registros da casa de Israel se escreverão, nem entrarão na terra de Israel; e sabereis que eu sou o Senhor DEUS. (Ezequiel 13:1-9).

Lembre-se que dentro da igreja há pessoas que ainda não se converteram ao evangélico, e se você entregar uma “profecia” a alguém que ainda não está alicerçada na fé, essa pessoa pode ficar descrente quando ao Espírito Santo de Deus, porque você lhe disse algo que não testificou ou não lhe aconteceu.

 Creio que o dom da profecia começa com uma sensibilidade no espírito e através de revelações em sonhos e visões, falo isso usando minha própria vida como testemunho. Como já havia escrito, eu sempre tive sonhos e visões que se concretizavam depois. Alguns bem simples outros mais detalhados. Mesmo recebendo uma profecia de que eu era da geração de Samuel quando tinha 17 anos de idade, eu só concluí que o Senhor havia me dado esse dom quando de fato profetizei da parte de Deus. Quando realmente senti e vi o Senhor se movendo através da minha vida, com temor e tremor. Eu devo ter tido uma febre de 40graus e o Senhor operou de forma sobrenatural naquela noite. No mais, eu nunca contei os sonhos ou profetizei sobre a vida de alguém se o Senhor não tivesse realmente me mandado fazê-lo.

 Creio que todo o cristão deve ter sensibilidade espiritual, e nos vamos criando tal sensibilidade conforme vamos buscando ter um relacionamento cada vez mais íntimo e profundo com Ele. Há por exemplo, pressentimento, que é a voz do Espírito Santo falando ao nosso espírito que algo pode ser bom ou ruim, é algo que deve ser constante e natural na vida do cristão.

Dessa forma também sei que o Senhor pode usar algumas pessoas em certos momentos mesmo esses não tendo o dom da profecia, mas tudo tem o seu momento e ordem. O espírito de Deus não é mal educado. Portanto quando for falar algo da parte de Deus ou fizer uma simples oração peça licença para a pessoa ministrada e pergunte se ela aceita sua oração.  Lembre-se do que a palavra de Deus nos adverte “A ninguém imponhas precipitadamente as mãos, nem participes dos pecados alheios; conserva-te a ti mesmo puro.” 1 Timóteo 5:22.

 Voltemos novamente a luz da palavra de Deus que nos orienta em Mateus 7: 15 ao 20 que da arvore conhecemos o fruto. “Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores. Vocês os reconhecerão por seus frutos. Pode alguém colher uvas de um espinheiro ou figos de ervas daninhas? Semelhantemente, toda árvore boa dá frutos bons, mas a árvore ruim dá frutos ruins. A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim pode dar frutos bons.Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e lançada ao fogo. Assim, pelos seus frutos vocês os reconhecerão!”

  Creio também, que o Senhor pode usar qualquer pessoa se necessário pra mandar um recado, assim como Ele usou uma mula pra falar com Balaão em números 22 , já ouvi casos em que o Senhor usou um mendigo por exemplo. Então, em alguns casos não vamos conhecer o profeta, por isso reafirmo a importância de ter sensibilidade vinda de uma vida com Deus, e saber que a profecia testifica em seu espírito que aquilo veio da parte de Deus. Sempre pesa sabedoria e temor vindos do Senhor, mas nunca ignore ou duvide do dom da profecia.

 Para mais esclarecimentos sobre todos os dons, eu recomendo que vocês assistam essa pregação.  

 Espero te-lhes abençoado, abraços, fiquem com Deus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s